Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Tutoriais sobre vídeos
Avatar do usuário
White Tigress
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 1017
Registrado em: Ter Nov 16, 2010 04:41
Texto Pessoal: O circo é o inferno dos animais.
Localização: Curitiba - PR

Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por White Tigress »

Colocarei as informaçµes necessárias para conseguir um arquivo AVI com codec Xvid e também explicarei um pouco sobre a qualidade do vídeo que você deseja conseguir.

A minha indicação de instalação do programa, que para quem tem um processador "multicore" use o Fair Use 2.9, e quem tem um processador que não é preparado para fazer muitas tarefas ao mesmo tempo, instale o Fair Use 2.6. Estou sugerindo isso, pois fiz o teste com os dois programas em dois computadores diferentes, um Pentium4 e um Core2Quad. Reparei que a versão 2.9 usa todos os "core" (nos computadores com "multicore"), portanto é uma versão mais rápida para esse tipo de computador, mas no Pentium4(P4) ela leva muito tempo para finalizar o processo e deixa o computador muito mais lento do que a versão 2.6. A versão 2.6(, no "multicore") não utilizou todos os "core", e demorou muito mais do que a versão 2.9 para finalizar a operação. Utilizando a versão 2.9, o computador equipado com o processador Core2Quad ficou um pouco mais lento durante o processo, portanto se você não está preocupado com o tempo que levará para concluir o rip, uma sugestão é que você instale a versão 2.6 do programa, pois ela leva mais tempo para chegar ao fim do processo, mas você tem menos processador ocupado pelo programa, o que lhe permite executar outros programas ao mesmo tempo sem problemas.

1. Abra o programa, selecione criar um projeto, então coloque um nome para o arquivo que será extraído. Escolha também, a pasta que você deseja que a extração seja feita.
Obs.: Se você não deseja fazer a configuração "padrão" do Fair Use agora, pode ir para o item 2, lembrando que a grande maioria dessas opções podem ser alteradas em uma fase posterior do processo.
Imagem
1.1 Agora, clicando no botão "Options" você pode arrumar algumas das configurações, que servirão como padrão para as próximas vezes que você for ripar. As que eu considero mais importantes são o tamanho que o arquivo terá, o Codec, audio, legenda, e o modo que o programa irá rodar no seu computador.
Imagem
=> Em "Preferences":

Selecione o codec "XviD" e deixe a opção da caixa de seleção como "Encoding Speed"
Imagem
Selecione "Size" e coloque o tamanho padrão para os seus vídeos. Selecione também a opção abaixo "Two pass"
Obs.: O tamanho do vídeo influencia na qualidade. Eu uso como padrão 1,9GB, isso porquê a maioria das pessoas tem dificuldades para gravar um arquivo (inteiro) com mais de 2GB em uma mídia de DVD, como eu uso configurações de vídeo que são compatíveis com aparelhos de mesa, procuro facilitar para que os usuários consigam gravar os filmes em mídia e reproduzi-los em aparelhos de mesa. Além disso, com esse tamanho de até 1,95GB, eu consigo fazer a grande maioria dos filmes em qualidade igual ou semelhante ao DVD original (480p) com dois audios e mais a legenda, sendo que, para baixar um ISO de uma mídia, o usuário teria que fazer download de no mínimo 4,5GB. Se a pessoa quiser um filme com qualidade de imagem, mas não tem interesse pelos "Menus", essa é uma boa opção.
Imagem
Em "Encoding speed" você pode colocar qual é a sua prioridade, eu uso as duas versões do programa (2.6 no P4, e 2.9 no Quad) no nível máximo de qualidade.
Imagem
Em "Audio track" é selecionado o idioma, o tipo de audio e a qualidade que será adicionado ao filme, uma boa opção é "MP3" com taxa de "128"kb/s.
Obs.: O tipo de audio e a taxa dele influenciam no tamanho final no filme, quanto maior a taxa, maior será o arquivo de audio, então o arquivo final do seu filme será maior.
Imagem
Na opção "Subtitles Track" se seleciona pelo idioma da legenda, caso você use como padrão não ter legendas deixe o caractere "-" selecionado.
Imagem
As opções "Apagar arquivos intermediários", "Incremento do nível de Audio" e "Allow any characters in project/path name" devem estar selecionadas. A opção "Run in IDLE base priority" é usada para ajudar o seu computador a não ficar tão lento enquanto roda o programa, então se a configuração do seu computador suportar, essa opção pode ser inativada.
Imagem
Sua pasta de destino pode ser inserida no programa, na opção "Destination folder" clique em "...", isso abrirá uma outra janela, onde você poderá selecionar o local onde você deseja que todos os seus arquivos sejam colocados.
Imagem
Imagem
Para mudar o tipo de arquivo que será produzido pelo programa ative a opção "Activar modo de perito", se o arquivo que será codificado for em AVI, preferencialmente deixe apenas a sub-opção "Usar Codec XviD" ativada. A opção de tipo de vídeo pode ser alterada em "Recipente preferido", com isso, você pode usar o programa para ripar vídeos em formatos AVI, OGM e MKV.
Imagem

2. Verifique se você fez todas as alterações que deseja e clique em avançar, aparecerá a janela da pasta destino que você selecionou então clique em avançar.
Imagem
2.1 Selecione a sua unidade de DVD, onde está a mídia, na caixa que irá abrir e dê “OK”.
Imagem
2.2.1 Deixe a opção “Esconder partes menores que 60 segundos” acionada e selecione o arquivo com o mesmo tempo de duração em horas ou minutos que o filme tem, então clique em “Avançar”.
Imagem
2.2.2 Se for uma mídia de série você pode selecionar todos os capítulos para ripar de uma só vez (azul), se você quiser algum episódio específico (verde) será necessário conhecer o tempo total desse episódio para que seja selecionado. Selecione o que é do seu interesse e clique em “Avançar”.
Imagem
=> O programa irá começar a criar um índice, em qualquer momento você poderá cancelar ou voltar para o estágio anterior, mas você poderá perder o que foi feito até o momento.
Imagem
2.3 Assim que o programa parar de criar um índice, abrirá uma tela com o vídeo.

2.3.1 Clique em “Auto detectar” (1) na sessão “área de corte”, desse modo Fair Use colocará qual o corte a ser feito na imagem do vídeo todo, no caos do programa ter problemas para descobrir qual a proporção do vídeo (altura e largura) você o fará no manual. Para isso você irá clicar nas dimensões que já estão pré estabelecidas no programa, são os botões “1x1; 5x4; 4x3; 3x2; 16x9; “ e verificar qual é a adequada ao seu vídeo.
Imagem
Selecione a opção “incluir legenda”, selecione a língua desejada e também a opção “extract subtitles” para ter as legendas em um arquivo separado do vídeo, se você quiser as legendas embutidas no vídeo selecione apenas “incluir legenda” e a língua. Ao selecionar a legenda verifique se não é a legenda de comentário, acontece em algumas mídias de o programa selecionar a legenda em português de documentário que é narrado com as imagens do filme.
Após selecionar tudo o que é necessário, clique em “Avançar”.
Imagem
2.3.2 Na “Combinação de campos” clique em “Auto detectar”, o programa irá selecionar a combinação mais adequada para o vídeo que você está fazendo. Dê “OK” em seguida “Avançar”.
Obs.1: Quando for indicado o “Modo Nativo” você deve selecionar “Bob deinterlace”
Obs.2: Eu tenho ripado sempre pelo “Modo IVTC”, mesmo quando o programa não me indica. Tive problemas com alguns vídeos, pois eles ficavam cheio de “linhas” na imagem toda, isso a deixava serrilhada, com o Modo IVTC isso não acontece.
Imagem
Imagem
2.3.3 Esse passo é quase a mesma coisa que o “Options” no item 1.1 do tutorial, mas tem algumas coisas a mais para fazer.

=> Selecione o áudio, pode ser simples ou dual audio, a ordem que o áudio é exibido também pode ser alterada aqui. Se o áudio no idioma que você deseja não estiver selecionado ou se você quiser adicionar mais um áudio (dual audio) clique em “Adiocionar” na sessão “Codificações de áudio”, selecione o áudio que você deseja e clique em “OK”. Não se esqueça de selecionar a qualidade do áudio! (128kb/s no mínimo)
Se a intenção for a remoção de uma das opções de áudio, apenas selecione o idioma que você deseja tirar e clique em “remover”.
Imagem
Imagem
=> No quadro “Resolução” você selecionará o formato do e o tamanho (em pixels) do seu vídeo, nesse caso o vídeo é 3x2, então para não distorcer a imagem faz-se o seguinte cálculo: divido o maior n.º pelo menor n.º, pego o resultado e uso para multiplicar a altura que eu quero, assim eu descubro a largura do vídeo sem destorção. Exemplo:
Altura que eu quero: 480 (Resolução padrão máxima de altura de DVD)
Formato do vídeo original: 3x2
Cálculo:
3ã•2=1,5 => 1,5x480(Altura)=720 (Largura)
Especificamente nesse vídeo com esses valores de dimensões, eu tenho esse vídeo em sua resolução máxima e sem destorcer a imagem.
Nesse caso, se eu tivesse apenas a largura, eu teria que dividir a largura por 1,5 para obter a altura do vídeo

Agora que já se tem as dimensões exatas que você deseja, é só selecionar no quadro da resolução. Nessa hora, preste atenção nos “Bits/Pixel”, se for um valor muito baixo o vídeo terá uma qualidade ruim! Um valor bom é 0,2bits/pixel. Para alterar esse valor você deverá alterar o tamanho do vídeo, na imagem que está servindo de exemplo, é DVD de vários capítulos (série), então o valor absoluto em MB é grande. Para conseguir outras dimensões, deve-se alterar as opções ao lado quadro de tamanho (“Mostrar resoluções preferidas” ... “Modo anamórfico”).
Obs.: Eu costumo usar de 0,222bits/pixel, o padrão é 0,2 a 0,3bits/pixel, sendo que 0,3bits/pixel é considerada qualidade de colecionador. Em filmes muito grandes você poderá que abri mão de um pouco da qualidade, pois muitas pessoas não conseguem gravar arquivos com mais de 2GB.
Imagem
=> Como esse DVD é uma mídia de capítulos (Seriado), deve-se selecionar a opção “Dividir em cada capítulo” (o valor absoluto é de 2,3GB, com sete capítulos, cada capítulo terá aproximadamente 330MB nesse caso). Em mídias de filmes não se deve selecionar essa opção, pois o filme será “cortado” em todos os capítulos.
Imagem
Feito isso, clique em “Avançar”. Deixe o programa executando e vá fazer outras coisas, isso levará muito tempo! Se você deseja usar o computador durante a execução do programa, seleciona e opção “Run in IDLE base priority”, ela faz muita diferença quando se usa uma máquina de processador de um nãºcleo. Se você for dormir, e deixar o programa ripando nesse período, você pode selecionar a opção “Desligar o comp. quando terminar”.

=> Quando o programa terminar de trabalhar, aparecerá uma janela indicando o “caminho” da pasta onde o arquivo foi salvo, e um botão escrito “Terminar” copie o caminho para uma janela do Windows Explorer e cole.
Imagem
Em seguida clique no botão “terminar” o programa será fechado. No diretório que você acessou no Windows Explorer, delete todos os arquivos que não sejam de vídeo ou legenda. Eu mostrei aqui como fazer um vídeo em formato AVI e legenda em formato IDX e SUB, então só deverão permanecer na pasta do seu vídeo os arquivos com extenção AVI, IDX e SUB, os outros todos devem ser deletados pois ocupam muito espaço no HD e são desnecessários para a reprodução do vídeo! Use o seu programa de preferência (e atualizado) para executar o vídeo, ou para comprimir no tamanho que lhe convier!
:arrow: Fair use 2.6: Nakido

:arrow: Fair Use 2.9: Nakido - Mega
Imagem
"Qualidade antes de quantidade." 8-)

Imagem Imagem
Imagem Imagem
Imagem

Avatar do usuário
Parallax
Administrador
Administrador
Mensagens: 20676
Registrado em: Seg Nov 15, 2010 07:30
Texto Pessoal: EU SOU A LEI!!
Contato:

Re: Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por Parallax »

Tem como colocar o Fair use 2.6 em outro lugar? Eu acho que o Nakido tá corrompendo o download dele.

Avatar do usuário
White Tigress
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 1017
Registrado em: Ter Nov 16, 2010 04:41
Texto Pessoal: O circo é o inferno dos animais.
Localização: Curitiba - PR

Re: Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por White Tigress »

Parallax escreveu:Tem como colocar o Fair use 2.6 em outro lugar? Eu acho que o Nakido tá corrompendo o download dele.
Eu já faço! Só tenho q encontrar o arquivo aqui! É bem pouco pra upar, então provavelmente no máximo até amanhã, q eu tenho folga, faço!
Imagem
"Qualidade antes de quantidade." 8-)

Imagem Imagem
Imagem Imagem
Imagem

ro455
Membro Steal
Membro Steal
Mensagens: 116
Registrado em: Qui Jun 23, 2011 12:16
Localização: Maringá - PR

Re: Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por ro455 »

Parabéns, ótimo tuto, mas ainda prefiro o Gordian Knot, apesar de alguns acharem complicado ele é muito fácil de se mexer
Imagem

Imagem

Avatar do usuário
White Tigress
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 1017
Registrado em: Ter Nov 16, 2010 04:41
Texto Pessoal: O circo é o inferno dos animais.
Localização: Curitiba - PR

Re: Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por White Tigress »

ro455 escreveu:Parabéns, ótimo tuto, mas ainda prefiro o Gordian Knot, apesar de alguns acharem complicado ele é muito fácil de se mexer
Eu não conheço esse, qndo tiver um tempo vou atrás de um lugar pra baixar. Acabeu me acostumando com o Fair Use, mas sempre estou procurando programas diferentes, eu tb uso o DVD Fab, mas tem um filme aqui eu eu não consegui quebrar a trava com nenhum dos 2!
Imagem
"Qualidade antes de quantidade." 8-)

Imagem Imagem
Imagem Imagem
Imagem

ro455
Membro Steal
Membro Steal
Mensagens: 116
Registrado em: Qui Jun 23, 2011 12:16
Localização: Maringá - PR

Re: Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por ro455 »

White Tigress escreveu:
ro455 escreveu:Parabéns, ótimo tuto, mas ainda prefiro o Gordian Knot, apesar de alguns acharem complicado ele é muito fácil de se mexer
Eu não conheço esse, qndo tiver um tempo vou atrás de um lugar pra baixar. Acabeu me acostumando com o Fair Use, mas sempre estou procurando programas diferentes, eu tb uso o DVD Fab, mas tem um filme aqui eu eu não consegui quebrar a trava com nenhum dos 2!
Esse é um dos motivos deu usar o Gordian, é difícil encontrar um filme que ele não ripa
Imagem

Imagem

Avatar do usuário
White Tigress
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 1017
Registrado em: Ter Nov 16, 2010 04:41
Texto Pessoal: O circo é o inferno dos animais.
Localização: Curitiba - PR

Re: Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por White Tigress »

ro455 escreveu:
White Tigress escreveu:
ro455 escreveu:Parabéns, ótimo tuto, mas ainda prefiro o Gordian Knot, apesar de alguns acharem complicado ele é muito fácil de se mexer
Eu não conheço esse, qndo tiver um tempo vou atrás de um lugar pra baixar. Acabeu me acostumando com o Fair Use, mas sempre estou procurando programas diferentes, eu tb uso o DVD Fab, mas tem um filme aqui eu eu não consegui quebrar a trava com nenhum dos 2!
Esse é um dos motivos deu usar o Gordian, é difícil encontrar um filme que ele não ripa
Na verdade eu tenho duas versões do FU, dos filmes q eu tenho aqui em casa, só tem um q eu não consegui ripar, e eu teho mais de 300 DVDs...
Imagem
"Qualidade antes de quantidade." 8-)

Imagem Imagem
Imagem Imagem
Imagem

danshinigami
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 14
Registrado em: Dom Jun 19, 2011 12:38
Texto Pessoal: Namorada

Re: Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por danshinigami »

legal eu uso o autogk para ripar meus DVDs, esse programa é muito bom

Avatar do usuário
White Tigress
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 1017
Registrado em: Ter Nov 16, 2010 04:41
Texto Pessoal: O circo é o inferno dos animais.
Localização: Curitiba - PR

Re: Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por White Tigress »

danshinigami escreveu:legal eu uso o autogk para ripar meus DVDs, esse programa é muito bom
Acho que nunca tentei esse programa.
Imagem
"Qualidade antes de quantidade." 8-)

Imagem Imagem
Imagem Imagem
Imagem

danshinigami
Iniciante
Iniciante
Mensagens: 14
Registrado em: Dom Jun 19, 2011 12:38
Texto Pessoal: Namorada

Re: Como ripar usando o Fair Use. (Tutorial explicativo)

Mensagem por danshinigami »

os dois possuem caracteristicas parecidas, o autogk é muito pratico, e o fairuse tem bastante qualidade de encoder!

Responder